pesquisa

Podcast Pesquisacom Mônica
00:00 / 02:12

No Brasil, os recursos para pesquisa na área de ciências sociais aplicadas, através das agências oficiais de fomento vêm sofrendo gradativas reduções. São necessárias iniciativas para a obtenção de recursos via outras entidades públicas e privadas. Em nossa visão, a ANPAD pode ser um agente de captação de recursos financeiros para a pesquisa, por meio de projetos com evidente retorno às entidades financiadoras e em sintonia com as necessidades da sociedade contemporânea. 

2.1 Facilitar o Acesso a Fontes de Recursos de Pesquisa  

a) Ampliação de Fomento e Captação de Recursos para Pesquisas - A ANPAD pode ampliar a conexão e o diálogo com empresas públicas e privadas e as agências governamentais, no sentido de promover a captação de recursos financeiros para o desenvolvimento de projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e da inovação do País.

b) Bolsa Produtividade para Jovens Pesquisadores – Reconhecendo a dificuldade que os jovens Doutores enfrentam para continuarem desenvolvendo suas pesquisas, propomos a criação da Bolsa Produtividade para Jovens Pesquisadores (PQ-Júnior), que possuam produção científica, tecnológica e de inovação de destaque. Nossa proposta é ofertar 11 Bolsas PQ-Júnior por meio de edital de seleção, usando recursos próprios da ANPAD, sendo uma bolsa para cada Divisão da ANPAD, renovada anualmente e não cumulativa com outra modalidade de bolsa.

 

c) Criação da Comissão “Fomento a Pesquisa” – Essa comissão visa a criação de mecanismos para a captação de recursos junto as empresas públicas e privadas, elaborar editais específicos e realizar o processo de avaliação de projetos de pesquisa que ampliem seu impacto científico.

 

d) Cooperação entre pesquisadores, PPGs e IEs internacionais -  Estamos diante de uma maior exigência nos padrões de qualidade da produção científica e tecnológica. Propomos a criação de redes de pesquisa, envolvendo pesquisadores provenientes de cursos consolidados com pesquisadores advindos de cursos emergente e/ou em consolidação. Outrossim, a ANPAD deve ser um canal importante de cooperação com Instituições de Ensino Internacionais.

2.2 Ampliar a Relevância dos Eventos Científicos Promovidos pela ANPAD 

a) Aprimoramento dos Eventos: Temos o compromisso de aumentar a oferta de oficinas; fóruns com lideranças empresariais, do governo e da sociedade civil; mini-cursos; consórcios doutoral e mestral; espaços para apresentação de oportunidades de vagas para docentes; oficinas e mesas-redondas, com a participação de pesquisadores de renome nacional e internacional. 

 

b) Realização de Eventos Específicos nas Divisões da ANPAD: Estimularemos o uso de tecnologias para possibilitar a realização de eventos específicos para a integração dos associados da ANPAD com executivos, criadores de políticas públicas, agências de fomento privadas e públicas. Reconhecemos a necessidade de regionalizar os eventos da ANPAD, ampliando a realização de eventos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e em Instituições de Ensino.

 

c) Compromisso com a realização de eventos inclusivos: Propomos a realização de eventos acessíveis, respeitando as restrições orçamentárias dos PPGs, com a definição de políticas de isenção e faixas de pagamento.  

2.3 Fomentar a Internacionalização da Pesquisa 

a) Integração com Associações Internacionais: reconhecemos a necessidade da ANPAD ampliar a integração com associações internacionais, por meio da realização de convênios com outras associações, tais como: Academy of Management (AOM), British Academy of Management (BAM), Association for Advance Collegiate Schools of Business (AACSB), Conselho Latino-Americano de Escolas de Administração (CLADEA), Fundação Europeia para o Desenvolvimento da Gestão (EFMD), Education Quality Accreditation Agency (EQUAA), e/ou Associação de Desenvolvimento Gerencial da Europa Central e Oriental (CEEMAN). 

 

b) Realização de Parcerias com Fundações Internacionais: A ANPAD pode ampliar seus esforços no sentido de realizar parcerias com o programa Erasmus e agências internacionais no financiamento de projetos de pesquisa.

 

c) Internacionalização do ENANPAD: Propomos a ampliação do impacto do ENANPAD por meio da sua internacionalização, não apenas com palestras internacionais, mas também com a realização de parte das sessões em língua inglesa, criando um espaço  para a troca de conhecimento, além das fronteiras nacionais.

2.4 Apoiar as Publicações Científicas: 

a) Realização de workshops sobre publicações científicas de alto impacto: ampliação das atividades queforneçam aos autores orientação e experiência no desenvolvimento de seus manuscritos. Para tal serão criadas sessões específicas para o desenvolvimento de papers organizadas por Editores de periódicos nacionais e internacionais. Nos papers-development workshops (PDW), que incluem apresentações gerais sobre o periódico por membros da equipe editorial, ocorrerão discussões em mesas redondas que se concentram em fornecer aos autores um feedback que visa fortalecer e melhorar seus artigos.

 

b) Desenvolvimento de Mobile App Anpad Journals e Mídias Sociais: ampliação do acesso aos periódicos da Anpad com o desenvolvimento de apps específicos e ampliação da divulgação de assuntos pertinentes às publicações da Anpad em mídias sociais.

 

c) Apoio à Publicação de Livros: criação de edital específico para apoio financeiro à editoria de livros. 

 

d) Avaliação dos indicadores de qualidade do SPELL: Serão realizados investimentos em relacionamento e em ferramentas que garantam o aperfeiçoamento das estatísticas de internacionalização do SPELL. 

© 2020 por Fabricio Stocker.